Quem precisa de Terapia? - Maria Fernanda Medina Guido

Quem precisa de Terapia?

quem precisa de terapia

Todo mundo! ☺

Ainda hoje muitas pessoas não compreendem bem o nosso trabalho, muitos “torcem o nariz” quando digo o que faço, não procuram ajuda de um profissional da área porque acreditam que serão mal interpretados pela família e amigos se disserem que estão fazendo terapia. Por isso o primeiro passo é entender um pouco melhor o que faz um psicólogo e porque procurá-lo pode ser muito satisfatório.
Muitas pessoas ainda acreditam que o psicólogo é o profissional que cuida somente de pessoas que tem distúrbios ou problemas mentais, comumente chamados de “loucos”. Mas na realidade a terapia pode beneficiar todas as pessoas.
A terapia é útil a qualquer pessoa que busque o autoconhecimento e equilíbrio emocional, e vale tanto para pequenos quanto para grandes problemas. Ela é muito eficaz em momentos de transformação pessoal, como a adolescência, o envelhecer, mas também ajuda a enfrentar crises pessoais, como morte e separações, a perda de um emprego entre outros, momentos em que precisamos muito de apoio.
Porém, ao contrário de um amigo que poderá te aconselhar nesses momentos, o psicólogo enxerga as questões sem envolvimento emocional, abrindo caminho para novas interpretações, o que faz muita diferença no momento de analisar uma situação. A ética garante o sigilo, impedindo que tudo o que seja comentado na terapia saia de lá.
O psicólogo não irá resolver o seu problema, ele irá lhe oferecer caminhos alternativos como também lhe ajudará a enxergar a situação de uma outra maneira, sem tanta dor. Conseguir ver também o outro lado da história faz com que as pessoas tenham uma dimensão muito maior da situação e com isto passem a lidar com ela de maneira menos exaustiva.
Na terapia você terá tempo para parar, pensar e analisar fatos da sua vida, percebendo que o passado influencia sim o seu presente e como o presente poderá moldar o seu futuro. O psicólogo funcionará como um guia, que permitirá que você enxergue como pensa, age e se relaciona. Desse jeito, você pode mudar o que não gosta e se tornar alguém melhor.
Assim, não há nada de errado em fazer terapia, o mais importante é nos sentirmos bem com nós mesmos, buscarmos equilíbrio para conseguirmos superar os problemas, as perdas, os nossos questionamentos da melhor forma possível, tendo em vista que sempre haverá percalços, mas que podemos enfrentá-los e vivermos cada vez melhor.
Vamos agendar uma sessão?